Diário da Serra

Covid-19 - Tangará da Serra tem 92% de leitos de UTI ocupados

Sergio Roberto / Enfoque Business 01/03/2021 Saúde

De acordo com o boletim divulgado na manhã desta segunda-feira pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, o município soma 10.011 casos de Covid-19 desde o primeiro registro local da doença

Saúde

Tangará da Serra concluiu o mês de fevereiro superando a marca de 10 mil casos de infecção pelo novo coronavírus. De acordo com o boletim divulgado na manhã desta segunda-feira, 1 de março, pelo Comitê Interinstitucional de Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus, o município soma 10.011 casos de Covid-19 desde o primeiro registro local da doença.


Os casos ativos somam 97, com 64 pacientes em isolamento domiciliar e 33 internados no Hospital Municipal e em leitos pactuados na rede privada. Até domingo foram registrados 161 óbitos (23 deles em fevereiro) em decorrência da doença.


Quanto aos casos ativos, houve uma curva ascendente na última semana. Os pacientes atendidos com sintomas no mês de fevereiro somaram 2.745, sendo 71 no último domingo. Este parâmetro demonstra nítida elevação na última semana.


Por outro lado, os pacientes que se recuperaram da Covid-19 somam 9.752, perfazendo um índice de cura de 97,4%.
 

Dado preocupante é a taxa de ocupação de leitos de UTI na ordem de 92,3%. Os leitos de enfermaria estão com um índice de 45% de ocupação.
 

Tangará da Serra é o sexto município no estado com maior número de casos acumulados. Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 em Mato Grosso estão: Cuiabá (53.729), Rondonópolis (19.483), Várzea Grande (15.888), Sinop (12.883), Sorriso (10.305), Tangará da Serra (10.011), Lucas do Rio Verde (9.336), Primavera do Leste (7.456), Cáceres (5.545) e Nova Mutum (5.064).
 

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) Mato Grosso teve, até a tarde de ontem (domingo, 28/02), 250.889 casos confirmados da Covid-19, sendo registrados 5.806 óbitos.
 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 403 internações em UTIs públicas e 374 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 88,96% para UTIs adulto e em 43% para enfermarias adulto.

Notícias da editoria