Diário da Serra

Tangará da Serra registra quatro óbitos de Covid no final de semana

Redação DS 15/03/2021 Saúde

No boletim da última sexta-feira, 12, eram 173 óbitos e no boletim desta segunda o número alcançou a triste marca de 177 vidas perdidas

Saúde

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra publicou na manhã desta segunda-feira, 15, um novo boletim dos casos Covid-19 no Município, com registro de quatro óbitos no final de semana.


No boletim da última sexta-feira, 12, eram 173 óbitos e no boletim desta segunda o número alcançou a triste marca de 177 vidas perdidas. 
 

Dos casos confirmados, são, ao todo, 10.388, sendo 10.133 curados, 39 em isolamento domiciliar e outros 39 internados.
 

Em relação a ocupação das UTIs, o setor público está em 92,31% e no privado 100%. A ocupação da enfermaria pública está em 75%.
 

Estado
 

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste domingo, 14 de março, 272.232 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 6.370 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.
 

Foram notificadas 467 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 272.232 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 12.007 estão em isolamento domiciliar e 252.033 estão recuperados.
 

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 462 internações em UTIs públicas e 490 enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 94,9% para UTIs adulto e em 65% para enfermarias adulto.
 

Cenário nacional
 

No último sábado, 13, o Governo Federal confirmou o total de 11.439.558 casos da Covid-19 no Brasil e 277.102 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 11.363.380 casos da Covid-19 no Brasil e 275.105 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.
 

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados deste domingo, 14.
 

Recomendações
 

Já há uma vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.
 

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:
 

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
 

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
 

- Evitar contato próximo com pessoas doentes;
 

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
 

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.



Notícias da editoria