Diário da Serra
Diário da Serra

TANGARÁ DA SERRA - Polícia Civil incinera mais de 230 quilos de entorpecentes apreendidos no sábado

Redação DS 12/02/2024 Polícia

As drogas foram apreendidas pela Polícia Civil, em investigação realizada pelos policiais da Delegacia de Tangará da Serra

Polícia

A Polícia Civil de Tangará da Serra, acompanhada por representantes da Promotoria de Justiça, Vigilância Sanitária e equipe de escolta, incinerou na tarde desta segunda-feira, dia 12 de fevereiro, mais de 230 quilos de entorpecentes apreendidos no último sábado, 10, pertencente a uma facção criminosa. As drogas foram apreendidas pela Polícia Civil, em investigação realizada pelos policiais da Delegacia de Tangará da Serra.

Estamos nesse momento com uma operação de incineração. A droga foi periciada e foi autorizada judicialmente para incinerar”, informou o delegado Adil Pinheiro, à imprensa.

Foram incinerados 323 tabletes de entorpecentes, totalizando 238 quilos de drogas, sendo 3 tabletes maconha – 1,995kg; 273 tabletes de maconha - 191,6 kg; 18 tabletes de maconha – 13,8kg; 11 tabletes de pasta base – 11,190kg; e 18 tabletes de pasta base - 18,260kg.

Portando foram aprendidos 294 tabletes de maconha pesando ao todo 208 quilos e 29 tabletes de pasta base pesando 30 quilos, além de porções menores relacionadas as pesadas no laudo pericial”, relatou, anteriormente.

 

Ação do último sábado

A grande quantidade de entorpecentes foi localizada em um barraco na zona rural do município utilizado pelos criminosos para armazenamento da droga.

Três pessoas foram presas em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e organização criminosa. Os suspeitos apontados como integrantes de uma facção criminosa já eram monitorados há alguns meses pela equipe de investigadores da Delegacia de Tangará da Serra.

Durante as investigações, os policiais identificaram o barraco na zona rural do município, que era frequentado pelos suspeitos e que possivelmente era utilizado para o armazenamento de drogas.

Após cinco dias de monitoramento do local, os policiais flagraram o momento em que os suspeitos foram até o local, em três veículos distintos, duas motocicletas e um VW Gol. Quando o Gol saiu da propriedade os policiais realizaram a abordagem, sendo encontrado dentro do veículo, várias caixas com grande quantidade de entorpecentes.

Diante das evidências, os policiais seguiram até o barracão onde encontraram os outros dois suspeitos em posse de vários tabletes entorpecentes que estavam escondidos no interior de um barril de plástico enterrado no chão.

Em continuidade as diligências, os policiais seguiram até a casa de um dos suspeitos na cidade, onde apreenderam mais entorpecentes, além de diversas porções menores de drogas, balança de precisão, material utilizado para embalo da droga e adesivos tipo rótulos identificando a facção criminosa.

Diário da Serra

Notícias da editoria