BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 16 de janeiro de 2018.  
Tangará da Serra - MT


Em 03/04/2017
Saúde implanta ‘Ouvidoria UPA’ para melhorar atendimento


“Por minha família, meus eleitores e pelo meu nome, vou buscar todos os meios de esclarecer tudo isso”


Com o objetivo de melhorar o atendimento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) ‘Ari Torres’, localizada em prédio anexo ao Hospital Municipal Arlete Cichetti de Brito, e ainda conscientizar a população de Tangará da Serra em que momento e em quais situações procurar a Unidade, que a Secretaria Municipal de Saúde implantou recentemente a ‘Ouvidoria UPA’.
De acordo com o secretário Itamar Bonfim, este novo trabalho está sendo realizado pela profissional Aline Gramarim, que, em conversa direta com os pacientes, está buscando resolver o problema da superlotação do local. “Recentemente colocamos uma pessoa nova na estrutura da UPA, para fazer um trabalho de ouvidoria, com o objetivo de melhorar o atendimento da UPA”, explicou, ao relatar que somente no período de cinco dias (de 20 a 24 de março), 1.123 atendimentos foram realizados na Unidade, sendo que desses, mais de 600 foram atendimentos que poderiam ser atendidos nas Unidades de Saúde da Família, além de outros 280 atendimentos na faixa azul (não urgente) e na faixa verde (pouco urgente), conforme o Protocolo de Manchester (que classifica, após uma triagem baseada nos sintomas, os doentes por cores, que representam o grau de gravidade e o tempo de espera recomendado para atendimento), que também poderiam ter sido atendimentos na Atenção Básica. “Então se formos somar todos, teríamos aproximadamente 900 atendimentos que não poderiam ter procurado a nossa UPA. Isso sobrecarrega o atendimento no local”.
Ainda de acordo com o gestor, essa ouvidora chega para tentar amenizar essa situação de superlotação desnecessária, conversando com esses pacientes, até mesmo na própria residência, além de realizar palestras orientativas durantes os horários de pico na Unidade. “Chamando a sociedade para tentar entender porque que eles estão deixando de ir nas estratégias de saúde da família para estar procurando a nossa UPA. E isso dificulta o trabalho, apesar de termos ali três médicos a disposição por período”, relata, ao reafirmar que essa prática está sobrecarregando os médicos na UPA, sendo que esses procedimentos poderiam ser resolvidos nas Unidades Básicas, que hoje cobrem 100% do município. “O município de Tangará da Serra, no Estado de Mato Grosso, dos cinco maiores é o único que tem 100% de cobertura na estratégia de saúde da família, ou seja, em todos os postos nós temos um médico. Então esse é o nosso apelo, nos ajudem a organizar o nosso serviço”.
Além das Unidades de Saúde de Família para atendimentos básicos, a Secretaria de Saúde colocou a disposição da população uma nova opção para atendimento – a Clínica da Família. Nesse local o atendimento é diferenciado e iniciará em abril (primeira semana) também no período noturno.

>> Fabíola Tormes - Redação DS




Compartilhe:


notícias da editoria
13/01/2018 - “Não há motivo para pânico”, diz Herrero
Tangará não é área de risco
11/01/2018 - Primeira cirurgia de retirada de rim por vídeo é realizada
O paciente foi operado na sexta e teve alta no domingo
05/01/2018 - Centro de Reabilitação de Tangará passará por reforma
Centro de Reabilitação está com problemas de infiltração
05/01/2018 - Saúde confirma surto de conjuntivite em Tangará
481 estão notificados em Tangará
05/01/2018 - Ex-aliado detona Caravana da Transformação
Desde o início Tampinha vem alertando sobre os perigos
29/12/2017 - Na Saúde, Caravana da Transformação foi o ponto alto
A 10ª Caravana da Transformação chegou ao seu final com um saldo de 43.773 procedimentos
29/12/2017 - Aportes financeiros foram grandes conquistas em 2017
O secretário destacou o recebimento recente de R$ 1.400.000,00 para compra dos leitos de UTI do Hospital Municipal
29/12/2017 - Secretaria já tem metas traçadas para 2018

22/12/2017 - Saúde recebe R$ 1,4 milhão e UTI será instalada em 2018
Recurso foi conquistado por Rogério Silva, na Câmara Federal
21/12/2017 - Saúde de Tangará da Serra alerta para possível surto de conjuntivite
A conjuntivite viral é a mais comum em Tangará da Serra
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
16/01/2018 - ESPORTES
Tangaraense Ricardo é apresentado no Braga de Portugal

16/01/2018 - EDUCAÇAO
Matrícula web para novos alunos da rede estadual começa hoje

16/01/2018 - GERAL
CNH digital passa a vigorar no próximo mês

16/01/2018 - GERAL
Lions Clube realiza plantio de 150 mudas de árvores

16/01/2018 - GERAL
Vacinação contra febre aftosa atinge 99,7% em Mato Grosso

16/01/2018 - GERAL
Estrada ruim deixou moradores sem coleta de lixo

16/01/2018 - ESPORTES
Após congresso técnico, Copa Zé Bode tem chaveamento definido

16/01/2018 - POLÍCIA
Delegado é homenageado pela Assembleia Legislativa

16/01/2018 - POLÍCIA
PM de Nova Olímpia faz prisão por tráfico e por embriaguez

15/01/2018 - EDUCAÇAO
Venda de materiais escolares cresce em Tangará

15/01/2018 - CULTURA
Cultura atenderá mais de 5 mil crianças neste ano em Tangará

15/01/2018 - CULTURA
Sarau Cultural e Arraiá da Serra serão remodelados

15/01/2018 - CULTURA
Com obras finalizadas, Teatro Municipal será inaugurado

15/01/2018 - CULTURA
“A expectativa é superar as ações do ano passado”, afirma Parabá

15/01/2018 - GERAL
Usina de etanol beneficiará Tangará

15/01/2018 - EDUCAÇAO
Professor Vagner consegue retomada de obras

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso