BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 26 de maio de 2017.  
Tangará da Serra - MT


Em 12/05/2017
Maria José de Matos: Uma portuguesa dura de coração mole


Maria Matos e seu filho João


“Uma genuína portuguesa, com certeza!” Assim podemos descrever   Maria José de Matos, nascida em Portugal aos onze dias do mês de abril de 1918, onde conviveu com mais oito irmãos.
A família era extremamente pobre e  morava em uma pequena cidade interiorana de Portugal, onde  não havia muitas oportunidades, então o sistema era de troca, fazia-se o serviço e em troca ganhava-se a comida, como batata, pão, queijo para o sustento.
Morando em vilarejos, a proximidade das famílias era muito grande e forte, sendo assim, acabou conhecendo o esposo João de Matos com quem se casou aos 20 anos. Do enlace nasceram três filhos: Armando José de Matos, Amorim Corado Matos e João José de Matos, que nos narra  a história. Passados alguns anos, morando em Lisboa, o esposo adoeceu, o que dificultou bastante a vida da família, mas Maria não esmorecia. Buscando melhorar a vida de todos, o irmão mais velho muda-se então para o Brasil, onde já residiam parentes. “Meu irmão veio para São Paulo, com 20 anos e passou um ano pagando a passagem de navio. Essa é uma típica história de portugueses, vem um, depois vem outro. Sendo assim, um ano depois, meu irmão do meio também veio para cá e como meu irmão mais velho também levou um ano pagando sua passagem. Ficamos eu, minha mãe e meu pai que fazia o tratamento”, conta o filho, João.

Cruzou o mar para sonhar o sonho dos filhos

No ano de 1959 o pai foi vencido pela doença, então os dois mudam-se também para São Paulo, e se estabelecem em Populina, onde se juntam aos outros irmãos. Depois de um tempo os filhos mais velhos se casaram e Maria busca investir no sonho do filho caçula, que almejava ser médico, e muda-se para Fernandópolis.
“Minha mãe era muito guerreira. A gente tinha muita dificuldade, mas ela não permitia que a gente desistisse dos sonhos. Então como meus irmãos já estavam casados, ela intimava mesmo eles para que me ajudassem, e eles me ajudaram demais”, lembra o filho, ao ressaltar que, pelo fato de não ter estudo, a mãe sonhou os sonhos do filho. Vê-lo formado. “Minha mãe montava a gente em lombo de animais  e levava longe para estudar. E embora os parentes não acreditassem e achassem loucura o meu sonho, ela não dava ouvidos, e dizia que eu teria a oportunidade que ela não teve”, destaca o narrador da história emocionado.
Dona de coração imenso, foi capaz de parar por um tempo sua vida para ajudar um cunhado. “Minha tia morreu e os filhos já haviam encaminhado a vida. Ela então saiu de casa e foi cuidar do cunhado em outra cidade”, recorda.
Apesar de todo sofrimento, necessidade e muita, muita dificuldade, o filho se formou e mudou-se para Tangará da Serra, para onde Maria também se mudou, mas a família começou a identificar alguns problemas de saúde, que ao serem mais esmiuçados, apontaram Alzheimer. Atualmente com 99 anos, mora em Cuiabá onde faz tratamento da doença.
“Minha mãe foi uma grande lutadora. Certa vez ouvi que se dependesse dela andar de arrasto limpando o chão de um banheiro de rodoviária, ela faria para eu ser médico. Então essa homenagem é muito merecida, pois se não fosse por ela eu não teria chegado até aqui. Sou gratopor ter me presenteado com essa guerreira como mãe”, completa o filho.


A Homenagem

Por ser uma pessoa  que jamais encontrou barreiras na vida que não tenha enfrentado,  recebeu ainda em vida a homenagem de ter seu nome dado  à Casa de Apoio  inaugurada recentemente para abrigar pacientes em tratamento e em trânsito pela cidade.
A casa foi inaugurada no dia 28 de abril para as 150 pessoas de 14 municípios da região que fazem hemodiálise no Centro Nefrológico de Tangará da Serra – Clínica de Hemodiálise.
A partir de agora, a casa servirá de apoio aos pacientes, familiares e até mesmo aos motoristas (que transportam essas pessoas nas madrugadas), de forma temporária. A capacidade é para 16 pessoas, divididos em dormitórios femininos, masculinos e para o motorista.
O local funcionará totalmente de forma gratuita e se manterá por meio de doações. A Casa de Apoio Maria José de Matos aos pacientes renais está localizada na Rua 42, esquina com a 3-A, nº 673-N, Jardim Paraíso, e contará com recepcionista e segurança. Todos que precisarem passar pelo local, terão um cadastro para melhor organização do local.

>> Rosi Oliveira - Especial DS




Compartilhe:


notícias da editoria
12/05/2017 - Maria José de Matos: Uma portuguesa dura de coração mole
Maria Matos e seu filho João
29/04/2017 - Maria José Freire Duarte - Guerreira que adotou Tangará como mãe
Maria José e a filha Cristiane Freire Duarte
04/03/2017 - Pedro Alberto Tayano, 20 anos vividos com muita intensidade
“Meu filho viveu tudo que tinha que viver, apesar do pouco tempo”, diz mãe saudosa
18/02/2017 - Dionísio Pantaleão Pacheco do êxodo à terra prometida
O casal trouxe cinco filhos e aqui tiveram mais seis filhos
04/02/2017 - Carlos Tayano, aquele que fez um sonho virar realidade
Carlos Tayano e Netos
04/02/2017 - Palmira Moreschi Tayano, sua maior elegância era fazer o bem
Aniversario de seu filho Pedro Alberto em 1971
14/11/2016 - Francisco Serrano, o homem que subiu a serra e viu o Progresso
Casa construída por Francisco, onde a família se abrigou saindo de debaixo da lona
12/11/2016 - Olivo Tormes - O patriarca de uma grande família
Olivo Tormes com os pais Lídia Vargas e Basílio Francisco Tormes, Olivo ao lado do pai biológico, Dirceu Gomes de Almeida, em 2005, Casamento Olivo e Erna Tormes, em 29 de julho de 1961 , Filhos do casal: Venildo, Airton, Elizanara, Roseli e Evanir
12/11/2016 - História com Tangará da Serra começou em 1979
Em Tangará da Serra, durante comemoração das Bodas de Ouro
29/10/2016 - Zuelina Cadete Bento, a primeira parteira de Tangará da Serra
Uma parte dela era amor. A outra também
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
25/05/2017 - GERAL
Rotary International inicia Conferência Distrital, hoje

25/05/2017 - EDUCAÇAO
‘Comunicação’ será tema de Feira do Conhecimento na Atec

25/05/2017 - SAÚDE
Hospital de Nortelândia pode fechar

25/05/2017 - GERAL
Governador reúne base e reconhece dívida de R$ 162 mi com hospitais

25/05/2017 - GERAL
Cerca de mil mulheres estão sendo aguardadas pela Usadeter

25/05/2017 - GERAL
Cerca de mil mulheres estão sendo aguardadas pela Usadeter

25/05/2017 - EDUCAÇAO
Seduc inicia licitação para construção de quadras

25/05/2017 - ESPORTES
Laudos são regularizados e Gigante do Norte é liberado

25/05/2017 - ESPORTES
Olímpica de Karatê conquista 12 medalhas em Tubarão -SC

25/05/2017 - ESPORTES
Etapa de Chapada dos Guimarães bate recorde de atletas inscritos

25/05/2017 - POLÍCIA
Filho de policial e menor são presos por estuprar menina

25/05/2017 - POLÍCIA
Morador de rua que dormia em tanque de combustível morre queimado

25/05/2017 - POLÍCIA
Mulher rejeita relação sexual e mata homem enforcado em MT

25/05/2017 - POLÍCIA
Professor Sebastian cobra reforma e ampliação da Cadeia Feminina

25/05/2017 - POLÍCIA
Corregedoria apurará conduta de juíza considerada ‘Moro de MT’

24/05/2017 - POLÍTICA
Sserp colhe mais de 800 assinaturas contra projeto de lei

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso