BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 19 de novembro de 2017.  
Tangará da Serra - MT


Em 18/05/2017
Qualificação contra sífilis


Enfermeira do CTA SAE, Cláudia Cunha, falou sobre atualização no controle contra o Sífilis, que acontecerá no final de maio em Tangará


Com objetivo de qualificar os profissionais da saúde e fortalecer o enfrentamento contra o Sífilis, o Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE) em parceria com a Vigilância Epidemiológica, Unemat e Unimed, realizarão no próximo dia 31 desse mês uma Atualização de Diagnóstico, Tratamento e Controle da doença em Tangará da Serra. O evento acontecerá a partir das 19h, no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), campus Tangará da Serra, onde profissionais especializados da área estarão reunidos com médicos, enfermeiros e trabalhadores da saúde pública e particular falando sobre as novidades nos procedimentos clínicos, que são eficazes e fundamentais para o sucesso no enfrentamento contra a Doença Sexualmente Transmissível (DST), que é causada por bactéria.
De acordo com a enfermeira do CTA SAE, Cláudia Cunha Oliveira, a qualificação será realizada diante do aumento significativo de sífilis congênita no município. “A equipe do CTA tem por prioridade trabalhar com educação e saúde, tanto para a a população em geral quanto como referência aos profissionais. O aumento nos casos foi grande, então como trabalhamos em parcerias com faculdades, Vigilância Epidemiológica e Unimed, resolvemos realizar essa  ação para realmente trabalhar a qualificação dos profissionais, os que atuam realmente no enfrentamento dessa doença”, comentou a responsável, destacando que a sífilis é uma doença antiga, mas que conta com novidades no diagnóstico e no tratamento. “A gente vem buscando meios para que os profissionais estejam capacitados para que a doença não evolua para situações mais graves. O tratamento feito precocemente tem cura, sem nenhuma complicação maior”, afirmou a enfermeira, que convoca todos os profissionais da saúde para participar do evento. “Gostaria de convidar os trabalhadores, tanto do setor público como do privado, para participar conosco e assim fortalecer o enfrentamento contra a sífilis”, convidou.
Para participar do evento, os interessados devem fazer inscrição no CTA SAE, ou ligar no (065) 3311-5101.
DOENÇA- A doença também é conhecida popularmente como cancro duro e pode atingir além dos órgãos genitais, outras partes do corpo em diferentes estágios. Os sintomas da Sífilis avançam conforme a evolução da doença e partem de feridas e manchas na pele até cegueira, demência e consequências severas no sistema nervoso central.

Nesse ano, 20 casos em gestantes já foram diagnosticados

Somente nesses cinco primeiros meses do ano, Tangará da Serra já registrou 20 casos de sífilis congênitas, que consiste na transmissão da sífilis da gestante para o feto. A infecção é grave e pode causar má-formação do embrião, aborto ou morte do bebê, quando este nasce gravemente doente. De acordo com a enfermeira do Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE), Cláudio Cunha Oliveira, o teste é importante para detectar a sífilis durante o pré natal. “A gente teve um aumento expressivo da sífilis congênita que é o que mais a gente se preocupa. A sífilis se for tratada corretamente durante a gestação, tem pequeno risco de transmitir para a criança, mas ainda existe essa possibilidade”, alertou a responsável, ao destacar que o teste rápido é oferecido de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
“A gente tem uma boa ferramenta que é o teste rápido como triagem para esse diagnóstico. Ele fica pronto em 15 minuto e caso tenha qualquer alteração, a gente já encaminha para um exame confirmatório e avaliação médica”, afirmou Cláudia.
A enfermeira ainda afirmou que o diagnóstico da sífilis não era corriqueiro, mas que atualmente o número está alto. “Temos em média sete casos diagnosticados por mês”, relatou a enfermeira.
Todos os bebês recém nascidos cujo a mãe tinha sífilis durante a gravidez devem realizar o acompanhamento período com pediatra e por meio de exames laboratoriais para controlar a doença e verificar se o desenvolvimento ficou com danos que precisam ser tratados devido à lesões causada pela Sífilis congênita.

>> Rodrigo Soares - Redação DS




Compartilhe:


notícias da editoria
03/11/2017 - Dia D da Vacinação antirrábica é adiada em Tangará

03/11/2017 - 28 propriedades terão vacinação acompanhada em Tangará
Segunda etapa de vacinação contra Aftosa iniciou no dia 01 no estado
03/11/2017 - Campanha de Diabetes do Lions acontece amanhã em Tangará da Serra
A organização está preparada para atender 300 pessoas
26/10/2017 - Dia D para exames de mamografia acontece amanhã em Tangará
Intensificação dos exames faz parte de programação do Outubro Rosa no município
04/10/2017 - Obras de nova sede da Unitan passam por vistoria
Obras estão dentro do cronograma inicial, e devem ser finalizadas em dezembro
04/10/2017 - Hospitais filantrópicos ameaçam parar novamente
Os filantrópicos são responsáveis por 80% do atendimento do SUS
26/09/2017 - Mato Grosso acumula 5 mil liminares na Saúde

25/09/2017 - Assessores de parlamentares são denunciados por cortar fila na Saúde
Assessores ligados a Deputados e Vereadores estariam beneficiando outras pessoas
20/09/2017 - Índice de infestação do Aedes Aegypti aumenta em Tangará da Serra
Infestação apresentou 0,7% no município
18/09/2017 - Hospital Regional de Barra do Bugres paralisa atendimentos amanhã
De acordo com o gestor se até o final do mês o problema não for resolvido, a paralisação será total
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
18/11/2017 - EDUCAÇAO
IFMT de Tangará investe cerca de R$ 500 mil em energia solar

18/11/2017 - ESPORTES
FMF convoca atletas para a Seleção de Mato Grosso

18/11/2017 - ESPORTES
FMF divulga regulamento e tabela do Mato-grossense 2018

18/11/2017 - ESPORTES
Flamengo X Corinthians

18/11/2017 - ESPORTES
São Paulo X Botafogo

18/11/2017 - POLÍCIA
Reeducandas da cadeia feminina de Tangará concluem curso de artesanato

18/11/2017 - POLÍCIA
Casal morre por asfixia e corpos são encontrados nus

18/11/2017 - POLÍCIA
Sobe para 19 o número de recapturados da Cadeia Pública

18/11/2017 - POLÍCIA
PM recupera bicicletas ‘caras’ com menor infrator em Tangará

18/11/2017 - GERAL
Seapa disponibiliza mudas de cana de açúcar para Agricultura Familiar

18/11/2017 - GERAL
Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado

18/11/2017 - POLÍTICA
Pacote de reformas é reenviado à Câmara e é novamente reprovado

18/11/2017 - POLÍTICA
Junqueira empossa secretários de Esportes e Indústria e Comércio

18/11/2017 - POLÍTICA
Oposição critica escolha de membros de CPI, mas não deve recorrer

17/11/2017 - GERAL
Após habilitação, UPA 24 Horas recebe 1ª parcela de quase R$ 230 mil

17/11/2017 - GERAL
Sinfra realiza melhorias na estrada da Tapera

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso