BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 20 de maio de 2018.  
Tangará da Serra - MT


Em 18/05/2017
Qualificação contra sífilis


Enfermeira do CTA SAE, Cláudia Cunha, falou sobre atualização no controle contra o Sífilis, que acontecerá no final de maio em Tangará


Com objetivo de qualificar os profissionais da saúde e fortalecer o enfrentamento contra o Sífilis, o Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE) em parceria com a Vigilância Epidemiológica, Unemat e Unimed, realizarão no próximo dia 31 desse mês uma Atualização de Diagnóstico, Tratamento e Controle da doença em Tangará da Serra. O evento acontecerá a partir das 19h, no auditório do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), campus Tangará da Serra, onde profissionais especializados da área estarão reunidos com médicos, enfermeiros e trabalhadores da saúde pública e particular falando sobre as novidades nos procedimentos clínicos, que são eficazes e fundamentais para o sucesso no enfrentamento contra a Doença Sexualmente Transmissível (DST), que é causada por bactéria.
De acordo com a enfermeira do CTA SAE, Cláudia Cunha Oliveira, a qualificação será realizada diante do aumento significativo de sífilis congênita no município. “A equipe do CTA tem por prioridade trabalhar com educação e saúde, tanto para a a população em geral quanto como referência aos profissionais. O aumento nos casos foi grande, então como trabalhamos em parcerias com faculdades, Vigilância Epidemiológica e Unimed, resolvemos realizar essa  ação para realmente trabalhar a qualificação dos profissionais, os que atuam realmente no enfrentamento dessa doença”, comentou a responsável, destacando que a sífilis é uma doença antiga, mas que conta com novidades no diagnóstico e no tratamento. “A gente vem buscando meios para que os profissionais estejam capacitados para que a doença não evolua para situações mais graves. O tratamento feito precocemente tem cura, sem nenhuma complicação maior”, afirmou a enfermeira, que convoca todos os profissionais da saúde para participar do evento. “Gostaria de convidar os trabalhadores, tanto do setor público como do privado, para participar conosco e assim fortalecer o enfrentamento contra a sífilis”, convidou.
Para participar do evento, os interessados devem fazer inscrição no CTA SAE, ou ligar no (065) 3311-5101.
DOENÇA- A doença também é conhecida popularmente como cancro duro e pode atingir além dos órgãos genitais, outras partes do corpo em diferentes estágios. Os sintomas da Sífilis avançam conforme a evolução da doença e partem de feridas e manchas na pele até cegueira, demência e consequências severas no sistema nervoso central.

Nesse ano, 20 casos em gestantes já foram diagnosticados

Somente nesses cinco primeiros meses do ano, Tangará da Serra já registrou 20 casos de sífilis congênitas, que consiste na transmissão da sífilis da gestante para o feto. A infecção é grave e pode causar má-formação do embrião, aborto ou morte do bebê, quando este nasce gravemente doente. De acordo com a enfermeira do Centro de Testagem e Aconselhamento e Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE), Cláudio Cunha Oliveira, o teste é importante para detectar a sífilis durante o pré natal. “A gente teve um aumento expressivo da sífilis congênita que é o que mais a gente se preocupa. A sífilis se for tratada corretamente durante a gestação, tem pequeno risco de transmitir para a criança, mas ainda existe essa possibilidade”, alertou a responsável, ao destacar que o teste rápido é oferecido de forma gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).
“A gente tem uma boa ferramenta que é o teste rápido como triagem para esse diagnóstico. Ele fica pronto em 15 minuto e caso tenha qualquer alteração, a gente já encaminha para um exame confirmatório e avaliação médica”, afirmou Cláudia.
A enfermeira ainda afirmou que o diagnóstico da sífilis não era corriqueiro, mas que atualmente o número está alto. “Temos em média sete casos diagnosticados por mês”, relatou a enfermeira.
Todos os bebês recém nascidos cujo a mãe tinha sífilis durante a gravidez devem realizar o acompanhamento período com pediatra e por meio de exames laboratoriais para controlar a doença e verificar se o desenvolvimento ficou com danos que precisam ser tratados devido à lesões causada pela Sífilis congênita.

>> Rodrigo Soares - Redação DS




Compartilhe:


notícias da editoria
21/05/2018 - Vacinação contra a gripe inicia nesta terça na zona rural
A vacinação segue até o dia 1º de junho
21/05/2018 - MT tem sete mortes confirmadas por H1N1
Outras 26 mortes ainda são investigadas
17/05/2018 - Oito médicos de Tangará retornam a Cuba
Atendimentos foram replanejados nas USF’s
15/05/2018 - UTI Pronto Clínica completa três anos
Unidade foi fundada em 15 de maio de 2015
14/05/2018 - Dia D de vacinação teve grande procura
Mesmo com campanha, há grupos abaixo da meta
11/05/2018 - Apenas quatro unidades terão campanha no dia D
Cada unidade receberá 400 doses
11/05/2018 - Vigilância Sanitária alinha a descentralização dos serviços
Foram três dias de reunião
09/05/2018 - Novas doses de vacina chegam em Tangará
Cada USF recebeu cerca de 100 doses
03/05/2018 - Mais de nove mil pessoas já foram imunizadas em Tangará
Informação foi dada pela coordenadora da Vigilância
03/05/2018 - Projeto EsQuaLos será avaliado a partir de hoje
Avaliação segue até amanhã
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
21/05/2018 - POLÍCIA
Enquanto dormia, jovem é assassinado com tiro na cabeça

21/05/2018 - POLÍTICA
Justiça Eleitoral inicia trabalhos de logística e preparação das eleições

21/05/2018 - SAÚDE
Vacinação contra a gripe inicia nesta terça na zona rural

21/05/2018 - ESPORTES
Copa AABB encerra fase de classificação esta semana

21/05/2018 - ESPORTES
“Estou feliz por ainda estar no topo”, afirma atleta

21/05/2018 - ESPORTES
Tangará está fora da Copa Centro América de Futsal

21/05/2018 - POLÍCIA
Casal e amigo são presos comercializando drogas

21/05/2018 - POLÍCIA
PJC intensifica fiscalização aos desmanches de veículos

21/05/2018 - POLÍCIA
Marido é preso suspeito de esfaquear esposa grávida e matar bebê

21/05/2018 - POLÍCIA
Civil instaura inquérito para apurar morte de peixes

21/05/2018 - POLÍCIA
Homem é morto e tem corpo carbonizado em posto desativado

21/05/2018 - POLÍTICA
Eleitor pode requerer segunda via do título

21/05/2018 - SAÚDE
MT tem sete mortes confirmadas por H1N1

21/05/2018 - ESPORTES
Altaflorestense é campeã no esporte e na beleza

21/05/2018 - EDUCAÇAO
Prefeito anuncia reconstrução da escola Fábio Diniz

21/05/2018 - EDUCAÇAO
Cobertura da quadra na Escola Agrícola é inaugurada

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso