BUSCA DE NOTÍCIAS:
  Tangará da Serra, 19 de novembro de 2017.  
Tangará da Serra - MT


Em 04/07/2017
Secretário rebate denúncias sobre melhorias em escolas


“Não vejo motivo para tanto barulho assim, pois com certeza iremos resolver”, assegurou Fernandes


Durante paralisação realizada no dia 30, algumas categorias foram para as ruas e uma das mais expressivas foi a dos professores municipais, que teve a adesão de 20 escolas de Tangará da Serra. Na oportunidade, várias foram as reivindicações, e uma delas seria quanto a estrutura física das escolas, onde atuam os servidores da Educação. “É bem mais que a RGA,  recebemos notificações nas escolas sobre o problema da infraestrutura encaminhada pelo tribunal de contas, apontando reformas e o que nos chamou a atenção é que querem que nós promovemos algumas situações, mas as escolas não tem como arcar sozinha com reforma, é muito cara uma reforma uma  mão de obra e nós sabemos que a educação tem dinheiro, e há possibilidade de fazer essas reformas. Sabemos que não vai ser de uma vez, é óbvio, mas nós queremos   que começasse por uma escola ou outra e fosse melhorando essa infraestrutura. O mínimo de um vaso sanitário que está faltando em algumas escolas do município”,  desabafou o professor Abner  Alcântara, no dia da paralisação.
De posse da denúncia de precariedade na estrutura de várias escolas, a redação do DS entrou em contato com o secretário de Educação, Adriano Fernandes, que rebateu as palavras do professor dando informações sobre o assunto. “Nós sabemos que há prédios públicos que realmente estão precisando de reformas, pois com o tempo de uso isso é quase que impossível de não acontecer, mas são coisas estruturais, como espelho de uma tomada, uma calçada em desnível, uma mancha na parede e já estamos tomando as providências para que tudo seja resolvido, então eu não vejo motivo para tanto barulho assim, pois com certeza iremos resolver”, assegurou Fernandes.

“As intervenções já estão acontecendo”, afirma secretário

Segundo o secretário de Educação Adriano Fernandes, o Tribunal de Contas do Estado está realizando visitas aos municípios, onde em vistorias nas escolas aponta problemas que devem ser resolvidos, e isso já está acontecendo em Tangará da Serra.
“O tribunal de contas está com uma ação em todo estado, não É só em Tangará. Fomos uma das primeiras por sermos polo e algumas técnicas vieram para fazer um levantamento que foi desde a merenda escolar até a estrutura física, onde as escolas Dom Bosco, Creche João Maria, Ayrton Senna e  Jucileide Praxedes foram apontadas com algumas necessidades, então eles fizeram os relatórios e nos enviaram  para que apresentássemos um cronograma de serviço para sanarmos os problemas a curto, médio e longo prazo”, explica o gestor ao destacar que inclusive as intervenções já estão ocorrendo nas escolas como é o caso da Ayrton Senna, onde uma calha foi instalada por ter sido apontada no levantamento, bem como a troca da grade do parquinho.
De acordo com o secretário, o prazo determinado pelo Tribunal para entrega do cronograma foi de 30 dias, dos quais somente quinze se passaram, mas as intervenções já estão ocorrendo.
Quanto a denúncia de que haveria a necessidade da escola arcar com as benfeitorias, isso não procede. “Isso é uma mentira! O que nós pedimos aos gestores na verdade é que algumas pequenas ações eles podem estar realizando nas escolas com a verba do PDDE, que são pequenos reparos para o bem estar da escola. Não falamos de construção, mas como por exemplo tem uma escola que não tem espelhos da tomada e isso poderia ser feito com essa verba”, completou.
Na oportunidade o gestor abordou ainda a denúncia feita sobre a fossa da creche João Maria, e garantiu que não há inércia do município. “Não há inércia do município, o que acontece é que já fizemos três licitações e as três deram desertas. Isso leva tempo e ele deve ser respeitado, por isso a demora. Não posso fazer uma licitação hoje e outra amanha, existem prazos. Mas agora que já aconteceram as três desertas, podemos fazer de forma direta, que já está sendo providenciada”, informa.
Ainda de acordo com Fernandes, no período de recesso escolar as intervenções continuarão, quando serão feitas documentações, inclusive fotográficas para serem encaminhadas ao Tribunal de Contas em resposta aos levantamentos apresentados pelo órgão.

>> Rosi Oliveira - Redação DS




Compartilhe:


notícias da editoria
18/11/2017 - IFMT de Tangará investe cerca de R$ 500 mil em energia solar
Além de investimento de energia solar, IFMT realizou reforma em parte do telhado
14/11/2017 - Unemat paralisa atividades até que pagamentos sejam regularizados
O governo adotou o sistema de escalonamento para os pagamentos dos funcionários e alguns ainda não receberam
01/11/2017 - Atec inicia período de matrículas na segunda-feira
As matrículas seguem abertas até o dia 23 de dezembro
01/11/2017 - Unemat cria projeto para Brinquedoteca
Proposta é dos cursos de Arquitetura e Enfermagem
01/11/2017 - Obras da Unemat são vistoriadas durante visita de reitora a Tangará
Reitora Ana Maria Di Renzo esteve ontem no campus de Tangará da Serra
31/10/2017 - Tangaraenses ficam em 1° lugar na Semana de Ciência, Tecnologia e Inovação

31/10/2017 - Igreja Filadélfia promove tarde de alegria na Escola Sagrado
Evento aconteceu em comemoração ao mês da criança
31/10/2017 - Tangará da Serra passa a contar com mais dois pontos de Cultura
Os grupos são Aruandê e Flor do Mato
19/10/2017 - Faest/Uniserra é avaliada pelo MEC e recebe conceito 4.0
O reconhecimento nunca foi alcançado por nenhuma universidade de Tangará da Serra em ensino presencial
18/10/2017 - Educação paralisa atividades a partir de hoje em Tangará
A escola Silvio Paternez é a primeira a paralisar as atividades
 
ÚLTIMAS NOTÍCIAS
18/11/2017 - EDUCAÇAO
IFMT de Tangará investe cerca de R$ 500 mil em energia solar

18/11/2017 - ESPORTES
FMF convoca atletas para a Seleção de Mato Grosso

18/11/2017 - ESPORTES
FMF divulga regulamento e tabela do Mato-grossense 2018

18/11/2017 - ESPORTES
Flamengo X Corinthians

18/11/2017 - ESPORTES
São Paulo X Botafogo

18/11/2017 - POLÍCIA
Reeducandas da cadeia feminina de Tangará concluem curso de artesanato

18/11/2017 - POLÍCIA
Casal morre por asfixia e corpos são encontrados nus

18/11/2017 - POLÍCIA
Sobe para 19 o número de recapturados da Cadeia Pública

18/11/2017 - POLÍCIA
PM recupera bicicletas ‘caras’ com menor infrator em Tangará

18/11/2017 - GERAL
Seapa disponibiliza mudas de cana de açúcar para Agricultura Familiar

18/11/2017 - GERAL
Trabalhos temporários são oportunidades para voltar ao mercado

18/11/2017 - POLÍTICA
Pacote de reformas é reenviado à Câmara e é novamente reprovado

18/11/2017 - POLÍTICA
Junqueira empossa secretários de Esportes e Indústria e Comércio

18/11/2017 - POLÍTICA
Oposição critica escolha de membros de CPI, mas não deve recorrer

17/11/2017 - GERAL
Após habilitação, UPA 24 Horas recebe 1ª parcela de quase R$ 230 mil

17/11/2017 - GERAL
Sinfra realiza melhorias na estrada da Tapera

Jornal Diário da Serra - Todos os direitos reservados - O primeiro jornal on-line do estado de Mato Grosso