Diário da Serra

Matrículas para novos alunos serão abertas na próxima semana

Rodrigo Soares / Redação DS 12/12/2019 Educação

Secretaria Municipal de Educação abrirá matrículas no próximo dia 19

Número de vagas serão disponibilizados após rematrículas

As matrículas para novos alunos na rede municipal de ensino em Tangará da Serra estão previstas para serem abertas na próxima quinta-feira, dia 19 de dezembro, conforme cronograma da Secretaria Municipal de Educação (Semec) e se estenderá até o próximo dia 20. De acordo com o coordenador da Educação, Nadir Barivieira, o período de rematrícula foi aberto ontem, 12, e seguirá até a próxima semana.


“Vamos fazer as rematrículas nessa semana e na semana que vem teremos o número de vagas para disponibilizarmos para novos alunos da Educação Infantil, alunos novos que chegaram no município ou outros que querem mudar de unidade”, informou o responsável, destacando que o período de matrícula para novos alunos será o mesmo para Educação Infantil e Ensino Fundamental.


Recentemente o Diário da Serra informou que a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), por meio da Coordenadoria de Microplanejamento da Estrutura Escolar, promoverá mudanças em oito escolas de Tangará da Serra, da área urbana e rural. Maiores impactos serão nas escolas Laura Vieira, deixando de ser uma escola estadual para se tornar um centro municipal de ensino. A reorganização da oferta de ensino proposto pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para Tangará da Serra afetará também três escolas do campo – Ernesto Che Guevara e Marechal Cândido Rondon, localizadas no Assentamento Antônio Conselheiro, e Cláudio Aparecido Paro, na Gleba Triângulo.


Conforme o Coordenador da Semec, tanto a Laura Vieira como as escolas da área rural terão o período de rematrícula e matrícula conforme calendário divulgado pela Seduc. “Por enquanto os alunos estão fazendo a rematrícula na rede estadual. Depois que se efetivar a mudança da rede estadual para rede municipal, nós vamos fazer a transferência normalmente dos alunos do ensino fundamental. Nenhum ficará sem vaga”, informou Nadir.

Notícias da editoria