Diário da Serra

Ação de combate a hanseníase será no sábado

Rodrigo Soares / Redação DS 23/01/2020 Saúde

A ação acontecerá no Posto Central, das 08 às 16h

Doença causa preocupação na saúde pública

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra realizará no próximo sábado, dia 25 de janeiro, uma ação intensificada de combate a hanseníase no município. O objetivo é identificar novos diagnósticos e, se positivo, iniciar de imediato o tratamento contra a doença. De acordo com a secretária de Saúde, Dienifer Feix, a ação acontecerá no Posto Central, das 08 às 16h. “Janeiro é o mês escolhido pelo Ministério da Saúde para trabalharmos a prevenção da hanseníase, que é uma doença que tem elevados índices, inclusive em Tangará da Serra temos todos os anos aumento dos casos”, comentou a secretária, ao destacar que os atendimentos contarão com uma equipe multidisciplinar composta por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e fisioterapeutas. Segundo informações da técnica em enfermagem do Programa de Combate a Hanseníase em Tangará da Serra, Edna Maria, atualmente o município atende 107 pacientes que estão em tratamento. “Precisamos fazer a busca para iniciar os tratamentos em novos casos. Nós gostaríamos de pedir para todas as pessoas que são contatos dos pacientes que estão em tratamento e que ainda não procuraram  o Posto Central ou alguma Unidade de Saúde, para comparecer no dia 25 e serem examinados”, convocou a técnica, enfatizando que o diagnóstico e tratamento contra a hanseníase são gratuitos.


DADOS DE ESTADO - Em apenas um ano, o número de casos de hanseníase cresceu 20,82% em Mato Grosso, que é considerado há anos o Estado com o maior índice da doença. A taxa de descoberta, em 2017, foi de 105,2 casos por 100 mil habitantes com registros de 3.477 casos novos da doença. Já em 2018, foram registrados 4.201 novos casos, com 125,6 casos por 100 mil habitantes. Atualmente, 5.942 pessoas estão em tratamento para a cura da hanseníase.
 

Notícias da editoria