Diário da Serra

ProUni registra 1,5 milhão de inscrições

Ministério da Educação 03/02/2020 Educação

Direito lidera em números absolutos e Medicina, na quantidade de inscrições por vaga

Educação

O Programa Universidade para Todos (ProUni) registrou 1.507.807 inscrições, feitas por 782.497 pessoas. O curso com o maior número foi Direito — 137.507 —, seguido de Administração (121.871) e Enfermagem (102.902). Medicina liderou na concorrência (maior número de inscrições por vaga ofertada): 54, logo à frente de Artes Cênicas (50) e Comunicação Social – Cinema (41).

 

A região Sudeste liderou no número de inscrições e inscritos: 544.787 e 283.869, respectivamente, seguida de Nordeste (502.428 inscrições e 259.346 inscritos) e Norte (178.545 inscrições e 91.898 inscritos). As com menores quantidades foram Sul (171.091 inscrições e 89.750 inscritos) e Centro-Oeste (110.045 inscrições e 57.535 inscritos).

 

Entre os estados, São Paulo foi o que registrou os maiores números de inscrições e de inscritos: 262.850 e 143.583, respectivamente. Minas Gerais (165.475 inscrições e 91.058 inscritos) e Bahia (115.183 inscrições e 63.202 inscritos) completam o “pódio”. Roraima puxa a parte de baixo da lista, com as menores quantidades: 2.855 inscrições e 1.566 inscritos.

 

Os estudantes tiveram de terça-feira, 28 de janeiro, até as 23h59 de sábado, 1º de fevereiro para se inscrever. Eles concorrem à maior oferta da história do ProUni para um primeiro semestre: 252.534 bolsas, das quais 122.432 são integrais e 130.102, parciais (50%). Foram feitas 1.226.797 inscrições para o benefício de 100% do valor e 280.290 para o de metade.

 

O número de inscrições é maior que o de inscritos porque cada participante pode escolher até duas opções de instituição, curso e turno. Os candidatos com deficiência ou que autodeclarados indígenas, pretos ou pardos podem optar por concorrer a bolsas destinadas a políticas de ações afirmativas.

 

Cronograma – Apesar de o período de inscrições já ter chegado ao fim, os alunos devem continuar atentos. O programa ainda segue um extenso cronograma e o resultado da primeira chamada sai já nesta terça-feira, 4.

 

Eis o restante das datas:

comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (primeira chamada): 4 a 11 de fevereiro;
 

- registro no SisProuni e emissão dos termos pelas instituições (primeira chamada): 4 a 14 de fevereiro;
 

- divulgação dos resultados da segunda chamada: 18 de fevereiro;
 

- comprovação das informações e eventual processo seletivo próprio das instituições (segunda chamada): 18 a 28 de fevereiro;
 

- registro no SisProuni e emissão dos termos pelas instituições (segunda chamada): 18 de fevereiro a 3 de março.

 

O programa – O ProUni é um programa que oferece bolsas de estudos, integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições particulares de educação superior.

 

Podem participar:

- estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública, ou na rede particular na condição de bolsista integral da própria escola;
 

- estudantes com deficiência;
 

- professores da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica, integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

 

- Para concorrer às bolsas integrais, o estudante deve comprovar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as parciais, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

 

- Só pode se inscrever no ProUni o estudante que não possuir diploma de curso superior, que tenha participado do Enem mais recente e obtido, no mínimo, 450 pontos de média das notas, bem como não zerado a redação.

Notícias da editoria