Diário da Serra

Profissionais de saúde desembarcam em Barra do Garças para atender indígenas durante pandemia

G1MT 27/07/2020 Saúde

Equipe é composta por infectologista, clínico geral, ginecologista, pediatra e técnicos de enfermagem

Saúde

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) carregado de insumos aterrissou neste domingo, 26, no aeroporto de Barra do Garças, para a força tarefa de atendimento médico à população indígena da região. Nesta segunda-feira, 27, deve chegar mais dois helicópteros com profissionais de saúde que estarão no trabalho de campo nas aldeias Xavante.


Até sexta-feira eram 313 Xavantes contaminados pelo novo coronavírus e 30 mortos em decorrência da Covid-19, conforme dados da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai).


A equipe de saúde é composta por infectologista, clínico geral, ginecologista, pediatra e técnicos de enfermagem.
 

Segundo a prefeitura de Barra do Garças, a base de apoio foi montada no quartel do Exército em Aragarças (GO), mas, todos os dias, dois helicópteram farão o transporte dos profissionais até o município vizinho.
 

Duas Unidades Básicas de Saúde construídas nas aldeias São Marcos e Namunkurá também servirão de base a equipe de médicos do Ministério da Saúde no atendimento aos indígenas. Na região são cerca de 22 mil índios.
 

O prefeito Roberto Farias informou que os médicos estarão nas aldeias para atender as comunidades Xavante e Bororos que precisam de apoio para conter a propagação dos casos de Covid-19 e outras enfermidades, como a tuberculose e a diabetes.
 

A partir dessa força tarefa, o Ministério da Saúde, a Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) e a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) estarão avaliando a necessidade da instalação do hospital de campanha em Barra do Garças.

Notícias da editoria