Diário da Serra

Polícias Civil e Militar prendem 6 suspeitos de envolvimento na morte de adolescente em Tangará da Serra

Alexandre Rolim / Tangará em Foco 15/08/2020 Polícia

As prisões ocorreram por volta das 3h30 da madrugada deste sábado, 15, cerca de 5h após o crime

Polícia

As Polícias Civil e Militar deram uma resposta rápida à sociedade e prenderam durante a madrugada, seis elementos suspeitos de envolvimento no assassinato de Victor Eduardo da Silva, 17, que tinha acabado de sair do serviço, na noite desta sexta-feira, 14.


As prisões ocorreram por volta das 3h30 da madrugada deste sábado, 15, cerca de 5h após o crime. Logo após o assassinato, a PJC iniciou uma investigação e com apoio da PM chegaram até os elementos, que foram detidos em seguida.
 

Os seis estão na Delegacia, onde deverão ser ouvidos pela Polícia Civil ainda nesta manhã.
 

O caso
 

O adolescente foi morto com um tiro no peito em uma calçada, na Avenida Brasil, em Tangará da Serra. O jovem estava próximo ao estacionamento de um supermercado, onde ele trabalhava, próximo a rotatória com a avenida Mauá, região da Vila Alta.
 

Uma amiga do adolescente, que estava com ele na hora do fato, contou que o jovem foi morto por um homem após uma confusão ocorrida no local, onde o grupo de amigos tomava cerveja. Uma briga teria começado depois que o jovem chamou a atenção de um homem que urinava na frente das mulheres.


“Nós tínhamos acabado de sair do serviço, compramos cerveja e estávamos bebendo ali. Aí o homem chegou, com outros homens num carro, e foi mijar perto da gente. O Victor pediu pra ele não fazer isso, pois tinha mulheres ali”, conta a jovem, explicando que uma briga começou e o grupo de jovens saiu correndo, tentando fugir.
 

Ainda segundo ela, o carro deu a volta na quadra perseguindo aos jovens, alvejando Victor com pelo menos três tiros próximo a um ponto de ônibus. Ele foi atingido com apenas um disparo no peito.
 

O Samu foi acionado e constatou o óbito.
 

Os ocupantes do carro fugiram logo em seguida, segundo a amiga que estava com Victor, levando o celular dele, sendo presos na madrugada.

Notícias da editoria