Diário da Serra

“Delegacia eleva o patamar do atendimento às vítimas de violência doméstica no Brasil”, afirma ministra Damares Alves

Evelyn Ribeiro | Secom - MT 09/09/2020 Polícia

A nova unidade policial está instalada no bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital

Polícia

Ao participar da solenidade de inauguração do “Plantão de Atendimento a vítimas de violência doméstica e sexual” nesta terça-feira, 8, em Cuiabá, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, destacou que a unidade servirá de espelho para outras delegacias de proteção às mulheres e vítimas de violência do país.


“Eu já tinha um discurso pronto, mas depois que passei pela delegacia, eu mudei tudo. A inauguração dessa delegacia elevou o patamar de proteção da mulher no Brasil. É um ato histórico para nós. Queremos desafiar os demais governadores do Brasil para que tentem fazer uma delegacia mais espetacular que esta”, destacou a ministra, ao elogiar a estrutura que atenderá mulheres e crianças vítimas de violência e abuso sexual.
 

Damares também comentou o alto índice de casos de violência contra a mulher registrado em Cuiabá ano passado (mais de 3 mil casos) e reforçou a importância do acolhimento do Plantão e a preocupação em dispor de atendimento adequado, desde a entrada da Delegacia, que funcionará 24 horas por dia.
 

“A forma como a primeira-dama Virginia Mendes conduziu esta reforma e como está entregando é uma demonstração de carinho e um recado para os agressores de mulheres: acabou para vocês. É um novo momento para a proteção das mulheres”, concluiu.
 

A delegacia
 

A unidade conta com salas apropriadas para acolhimento das vítimas, cartórios, salas de atendimento, para as equipes que atuarão no local, além de uma brinquedoteca e playground para crianças. A obra teve um custo estimado de R$ R$ 413.372, 62 mil. A nova unidade policial está instalada no bairro Planalto, anexo ao prédio da 2ª Delegacia da Capital. A equipe do plantão será formada por cinco delegadas e mais as equipes de escrivães, investigadores, assistentes sociais e psicólogas, no total de 50 servidores da Polícia Civil.
 

Os recursos e doações em mais de R$ 200 mil foram arrecadados pela primeira-dama, Virginia Mendes, que teve atuação direta no processo de mobilização para reforma e adequação de uma estrutura completa. O Plantão 24h é uma das medidas adotadas pela Polícia Civil e Secretaria de Estado de Segurança Pública para ampliar o acolhimento, de forma ininterrupta, a vítimas de violência doméstica em Cuiabá, cidade que concentra o maior índice estatístico de crimes contra esse público vulnerável.

Notícias da editoria