Diário da Serra

Creche vandalizada em Tangará passará por perícia do Ministério da Educação

Paulo César Desidério / Redação DS 05/08/2019 Educação

Em fase de conclusão, a construção foi invadida e destruída por vândalos

Educação

A obra da nova creche municipal que atenderá os bairros Parque Figueira e Jardim Monte Líbano foi vandalizada neste fim de semana em Tangará da Serra. Em fase de conclusão, a construção foi invadida e a Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec) observou os prejuízos após receber denúncia sobre o fato.


A creche Dona Nena seria inaugurada nesta quarta-feira, dia 7 de agosto. A assessoria de imprensa da prefeitura informou que não sabe quanto tempo levará para que os reparos sejam feitos, uma vez que as obras são de competência do Governo Federal. Um boletim de ocorrência foi registrado e uma equipe do Ministério da Educação virá para Tangará da Serra executar trabalhos de perícia e tomar os procedimentos cabíveis.


No local, os elementos atearam fogo, que comprometeu as estruturas da parede e do forro. Além do fogo, algumas paredes também foram manchadas de tinta. Portas também foram danificadas, por meio da utilização de uma picareta. A baderna generalizada também registrou problemas na rede elétrica.


No Facebook, o prefeito Fábio Martins Junqueira se manifestou a respeito do ato de vandalismo, classificou os vândalos como “imbecis” e repudiou a prática. “Isso é um ato criminoso e o prejudica o próprio povo”, postou. 


Gilmar Utzig, secretário municipal de educação, também repudiou a ação criminosa e afirmou que a secretaria já trabalha pelos meios legais para iniciar a reconstrução. "Vamos analisar hoje como efetivamente vamos fazer isso (recomeçar as obras) para que as aulas comecem o quanto antes nessa escola. Infelizmente aconteceu e agora teremos que resolver essa situação o quanto antes", lamentou.
 



Notícias da editoria