Diário da Serra

Programação do Setembro Amarelo inicia hoje

Rodrigo Soares / Redação DS 01/09/2019 Saúde

Programação contará com Dia D, que será realizado em 10 de setembro

Campanha acontece desde 2015 em Tangará

Tangará da Serra ganha uma cor especial a partir desta segunda-feira, dia 02, com o início do Setembro Amarelo, campanha que acontece no município desde o ano de 2015 e tem como objetivo a conscientização para prevenção ao suicídio.  A programação da campanha, que é coordenada pelo Centro de Atenção Psicossocial (Caps), inicia na manhã de hoje com a distribuição de laços e fitas amarelas na prefeitura municipal, onde também acontecerá uma coletiva de imprensa que falará sobre o tema.


De acordo com a assistente social do Caps, Uiara Leice de Moraes, uma assembleia foi realizada na tarde da última sexta-feira, 31 de agosto, onde foram finalizados todos os detalhes da campanha. “Fizemos essa assembleia inclusive com os usuários do serviço para divulgar e também colher ideias. Vai ser uma campanha muito bacana. Vamos fortalecer a importância da vida, porque é esse o objetivo: falar desse tema tão importante e que a gente precisa dar atenção. A prevenção é a melhor solução”, comentou a assistente social, destacando que no dia 07 de setembro o Caps marcará presença no Desfile Cívico que acontecerá no município, oportunidade em que reforçará a importância da campanha como forma de preservar a vida.


“Estamos com vários parceiros, entre eles instituições, clubes de serviço, faculdades e comunidade em geral. Nos mobilizamos no sentido de agregar todas as pessoas, setores e classes”, disse.


Reforçando a programação, o ‘Dia D’ do Setembro Amarelo está marcado para acontecer no próximo dia 10, quando uma série de atividades será realizada no Centro Cultural no decorrer de todo o dia.


“Será um conjunto de ações em prol da valorização da vida, acolhida do ser humano, reflexão e diálogo sobre o sofrimento e adoecimento psíquico, assim como sobre os serviços e cuidados na área, especialmente numa perspectiva de saúde coletiva”, relata o comunicado do Dia D encaminhado à imprensa. Além desses eventos, palestras e outras atividades serão realizadas de forma descentralizadas em toda a cidade, envolvendo população em geral e profissionais da saúde.
 

Notícias da editoria