Diário da Serra

Jovem é detido suspeito de estuprar e matar jornalista em Cuiabá

G1/MT 02/10/2019 Polícia

Jornalista não tinha R$ 3 para pagar droga e acabou morto a pedradas por traficantes.

Polícia

Um jovem foi detido na noite dessa terça-feira (1º) suspeito de matar o jornalista Marcelo Leite Ferraz, de 38 anos, que foi encontrado morto em um terreno baldio, no Bairro Bosque da Saúde, em Cuiabá. Jonh Lennon da Silva, de 21 anos, também teria violentado sexualmente o jornalista. O suspeito negou o crime.

 

De acordo com as investigações da Polícia Civil e informações da Polícia Militar, Marcelo, que era homossexual e usuário de drogas, foi até o local para comprar droga. A porção da droga custava R$ 3. Ele não teria levado dinheiro e acabou assassinado a pedradas pelos traficantes, entre eles o suspeito. Jonh Lennon foi detido no bairro Baú.

 

Os policiais identificaram o suspeito depois que receberam informações de testemunhas. Essas pessoas teriam ouvido Jonh Lennon confessar que havia matado o jornalista.

 

Às testemunhas, o suspeito comentou que Marcelo pediu uma porção de pasta base, no valor de R$ 3, mas não tinha dinheiro para pagar. Os traficantes perceberam que ele não tinha dinheiro e estava apenas com um cartão no bolso.

 

O jornalista acabou morto a pedradas pelo suspeito e o corpo dele foi encontrado na segunda-feira (30). O exame de necrópsia apontou que Marcelo morreu por traumatismo craniano.

 

Ainda conforme a PM, o suspeito foi encontrado na região do bairro Baú e resistiu à abordagem. Ele já é conhecido por flanelinhas e moradores de rua. Jonh Lennon tem antecedentes criminais por tráfico de drogas, roubo e tentativa de homicídio.

Notícias da editoria