Diário da Serra

Fávaro obteve mais de 2 mil votos em Nova Olímpia

Click Nova Olímpia 20/11/2020 Política
Política

Carlos Fávaro (PSD) foi eleito senador pelo Estado do Mato Grosso no dia 15, concorrendo ao cargo em um pleito suplementar, que ocorreu de forma simultânea com a escolha de prefeitos e vereadores em todo o Brasil.


Em todo Mato Grosso, o novo senador recebeu 370.472 votos, o que representa 25,97% dos votos válidos, ficando a frente dos candidatos Coronel Fernanda (Patriota) – 293.362 votos e Nilson Leitão (PSDB) – 157.504 votos. (abaixo os demais).
 

Fávaro também foi o campeão em Nova Olímpia, obtendo 2.027 (27,56%) votos. Da mesma forma, a coronel Rubia Fernanda abocanhou 1.503 (20,44%) votos, ficando em segundo lugar, em terceiro, Valdir Barranco com 1.231 (16,74%) e Nilson Leitão, com 714 (9,71%) votos em quarto.
 

Os demais votados em Nova Olímpia foram: José Medeiros com 638 (8,67%) votos, Elizeu Nascimento com 570 (7,75%) votos, Pedro Taques 218 (2,96%) votos, Procurador Mauro César Lara de Barros com 203 (2,76%) votos, Reinaldo Morais com 172 (2,34%) votos, Feliciano Azuaga com 56 (0,76%) e Euclides Ribeiro com 23 (0,31%) votos.
 

Dos 9.574 votos válidos na eleição municipal de Nova Olímpia, os candidatos ao Senado receberam 7.355 (76,82%) votos. 1.131 (11,82%) foram em branco e 1.088 (11,36%) nulos.
 

Cabe ressaltar que o senador eleito foi apoiado pelo grupo do prefeito Reeleito José Elpídio, inclusive esteve em Nova Olímpia, fazendo arrastão pela principal avenida da cidade.
 

SOBRE - Fávaro vai ocupar a vaga que era da ex-senadora Selma Arruda (Podemos-MT). Ela teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral, em dezembro de 2019, acusada de abuso de poder econômico, na campanha de 2018. Os dois suplentes também foram impedidos de assumir, por terem sido beneficiados com a irregularidade. Arruda ficou inelegível por 8 anos.
 

Depois do afastamento o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu convocar novas eleições no Mato Grosso. Fávaro participou da disputa em 2018 e ficou em 3º lugar. Com o afastamento de Arruda, ele assumiu o cargo em mandato tampão. Com a eleição, ele irá assumir o cargo de forma efetiva, até 2027.
 

DEMAIS VOTADOS EM MT
José Medeiros (Podemos) – 138.922 votos
Valdir Barranco (PT) – 117.933 votos
Procurador Mauro (PSOL) – 97.573 votos
Pedro Taques (Solidariedade) – 71.368 votos
Sargento Elizeu Nascimento (DC) – 66.966 votos
Euclides Ribeiro (Avante) – 58.455 votos
Reinaldo Morais (PSC) – 36.545 votos
Feliciano Azuaga (Novo) – 21.214 votos.

Notícias da editoria