Diário da Serra

TANGARÁ DA SERRA - PJC chega a quatro suspeitos de autoria de crime brutal; todos são menores de idade

Rosi Oliveira / Redação DS 11/05/2024 Polícia

Eles estão envolvidos na morte de Willians Brito Freire. O jovem desapareceu no dia 14 de abril e o corpo foi encontrado seis dias depois

Polícia

A Polícia Judiciária Civil, através da Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), chegou na tarde desta sexta-feira, dia 10, aos suspeitos de envolvimento na morte de Willians Brito Freire.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Igor Sasaki, foram apreendidos quatro suspeitos de envolvimento no crime, sendo todos menores de idade.

“O corpo foi localizado enterrado na região do mata burro pela equipe da DHPP e, após uma investigação qualificada, a Divisão de Homicídios conseguiu identificar os quatro autores do crime (todos adolescentes infratores)”, revela o delegado.

O caso do desaparecimento foi, inclusive, encaminhado à Rádio Serra FM por um locutor da cidade de Itarantim, interior da Bahia, aonde o jovem e a família moravam, solicitando que o veículo acompanhasse o caso e as investigações. Juntamente com a solicitação, foi encaminhado um vídeo da mãe de Willians Brito Freire, no qual ela dizia ainda ter esperança de que o filho estivesse vivo. Ele havia chegado há pouco tempo a Tangará da Serra e, segundo ela, veio a trabalho e não possuía antecedentes criminais. O jovem desapareceu no dia 14 de abril e o corpo localizado seis dias depois.

Segundo o delegado, o crime teria ocorrido devido a uma foto postada pelo jovem, aonde ele fez um símbolo que foi entendido pela facção que seria em apoio a facção rival.

Após a investigação, a PJC representou pela internação dos quatro adolescentes, que foi deferida pelo Judiciário.

Diário da Serra

Notícias da editoria