Diário da Serra

Complexo esportivo vai priorizar atletas de alto rendimento e acadêmicos

Secom-MT 04/02/2020 Esportes

Mais qualidade na formação de atletas

Mais qualidade na formação de atletas

Após quase uma década do início das obras, o Centro Olímpico de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso (COT UFMT) foi inaugurado com extensa programação esportiva, uma espécie de “teste drive” com importantes nomes do atletismo em Mato Grosso. Mas qual será a agenda de funcionamento do novo complexo esportivo, daqui em diante?


Gerido pela Universidade Federal de Mato Grosso, o Centro Olímpico de Treinamento, a princípio, receberá atletas de alto rendimento e acadêmicos do curso de Educação Física da UFMT, mediante projeto de utilização.


Para a reitora Myrian Serra, o COT significa mais qualidade na formação de atletas de alto rendimento que possam vir a representar o Estado e o Brasil, além de mais oportunidades para os jovens em formação. “É um espaço muito importante para a sociedade e agora cabe à UFMT zelar por este patrimônio, pois aqui está a educação pública, plural, gratuita e de qualidade para a população mato-grossense”.  


Com arquitetura moderna, o COT UFMT conta com uma área construída de 5,4 mil metros quadrados. Os múltiplos espaços do complexo estão divididos em três pisos e a área externa engloba arquibancada para o público, pista de atletismo seguindo padrões internacionais e campo de futebol. “Hoje, Mato Grosso revela grandes campeões que treinaram a vida toda em pistas de brita e terra batida, imagine agora com um complexo esportivo de padrão internacional”, adianta Tomires Campos Lopes, presidente da Federação de Atletismo de Mato Grosso (FAMT).

Notícias da editoria